Home Destaque RJ-216 volta a ser interditada por protesto de marisqueiras, em Farol

RJ-216 volta a ser interditada por protesto de marisqueiras, em Farol

3 Primeira leitura
Comentários desativados em RJ-216 volta a ser interditada por protesto de marisqueiras, em Farol
0
19

Marisqueiras de Farol de São Tomé fizeram uma nova manifestação na manhã desta segunda-feira (14), na RJ-216. Na última sexta-feira (11), a rodovia foi interditada por centenas de pessoas que cobravam da prefeitura o repasse do defeso que estava atrasado.

De acordo com informações, o pagamento do repasse teria vencido o final do mês de abril. De acordo com alguns manifestantes, nem mesmo o cadastro conseguiram fazer, já que só teriam disponibilizado 175 pessoas para receberem o benefício, enquanto são mais de 900 marisqueiras em Farol.

Na ocasião do primeiro protesto – na última sexta-feira – a prefeitura respondeu através de nota que “A secretaria de Desenvolvimento Humano e Social esclarece que o cadastro dos trabalhadores da pesca segue os critérios legais, em que se verifica o efetivo exercício do trabalho no segmento e a condição socioeconômica de cada pessoa. A concessão de benefícios dos anos anteriores foi alvo de denúncias ao Ministério Público Estadual. Foi feito o cadastramento durante os dois meses de alta da pesca de camarão (novembro e dezembro) e foram identificados os trabalhadores em exercício. A secretária Sana Gimenes, que recebeu uma comissão das marisqueiras na última quinta-feira (10), ressalta que independentemente do fato de ser trabalhador da pesca ou não, a secretaria atende a pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza, referenciadas pelos Cras (Centro de Referência em Assistência Social), através do Programa Renda Mínima com benefício correspondente ao valor de um salário mínimo nacional. A Prefeitura de Campos informa que já havia programado o pagamento referente ao benefício das marisqueiras que se enquadram nos critérios estabelecidos, dependendo, apenas, de disponibilidade financeira para a execução do mesmo. Devido a entrada da Participação Especial (PE), pagamentos às pessoas que possuem direito ao benefício puderam ser realizados esta semana.”

Nesta segunda-feira, o Jornal Terceira Via entrou em contato com a Superintendência de Comunicação para saber a atual situação do pagamento, mas até a publicação desta matéria nenhuma resposta havia sido enviada.

JornalTerceiraVia

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação Cadê Campos
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Dois homens e quatro mulheres são presos por tráfico de drogas

Seis pessoas, sendo dois homens e quatro mulheres foram presos, neste sábado (19/05), ao s…