Home Região Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

5 Primeira leitura
Comentários desativados em Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas
0
8

O programa Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) – Obmep na Escola – foi lançado oficialmente em São João da Barra nesta segunda-feira, 14, no Cine Teatro São João, em uma parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa).

O evento contou com a participação de alunos e professores da rede municipal, coordenadores de ensino, do secretário de Educação e Cultura, Daniel Damasceno, e do coordenador do programa de iniciação cientifica da Obmep, Alex Cabral, e dos coordenadores municipais de Matemática, Márcio Porfírio e Juliana Amaral.

Na ocasião foram apresentados dados da Obmep, criada em 2005, que tem como principal objetivo estimular o estudo e identificar talentos na área da matemática. Inicialmente o município conta com 11 escolas integrando o Programa, que começou em março e tem 12 professores habilitados trabalhando com 360 estudantes dos níveis 1 (6º  e 7º anos) e 2 (8º e 9º anos).

O secretário Daniel Damasceno, explicou que, a partir dessa parceria com o Impa, os alunos passam a contar com uma diversidade de material didático e participam duas vezes por semana durante o contraturno de aulas de matemática avançada.

“Esse é o primeiro de muitos projetos que visam aumentar a permanência do aluno na escola, desenvolvendo atividades que vão prepará-los para um melhor desempenho pedagógico nas aulas regulares. A ideia é que o projeto se estenda a mais escolas”, salientou.

O coordenador do Programa de Iniciação Cientifica da Obmep, Alex Cabral, informou que, em 2017, mais de 18 milhões de alunos de participaram da Olimpíada Brasileira de Matemática e que o município deu um grande passo a partir dessa parceria no estímulo ao estudo da matemática e descoberta de novos talentos.

“Neste primeiro ano, São João da Barra conta com 350 alunos, e já conquistou menções honrosas. Esse foi o só pontapé inicial, mas já fiquei muito satisfeito com esses números e quem ganha a médio e longo prazo com esses resultados é o município, que está incentivando jovens talentos e possibilitando a eles o ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas”, ressaltou.

Para a professora da E. M. Amaro de Souza Paes, Heloíza Rangel, é um desafio para os alunos participar da Obmep, pois eles têm a chance de experimentar uma nova forma de estudar matemática, saindo do método tradicional do currículo escolar.

“Eles ainda não estão acostumados com os exercícios propostos, mas gostam da novidade, pois a matemática e colocada de uma nova forma, contextualizada, estimulando os alunos a interpretar as questões antes de resolvê-las, e isso é um ponto muito positivo”, pontuou.

Os alunos agraciados com o título de menção honrosa na Olimpíada de Matemática de 2017, e que integrarem o Programa Obmep na Escola, vão receber mensalmente uma bolsa de iniciação científica no valor de R$ 100,00, disponibilizada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-CNPq.

Secom

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação Cadê Campos
Carregar mais por Região
Comentários estão fechados.

Veja Também

Dois homens e quatro mulheres são presos por tráfico de drogas

Seis pessoas, sendo dois homens e quatro mulheres foram presos, neste sábado (19/05), ao s…