Home Geral Limpeza Pública mantida após pagamento de funcionários

Limpeza Pública mantida após pagamento de funcionários

3 Primeira leitura
Comentários desativados em Limpeza Pública mantida após pagamento de funcionários
0
113

Após anunciar paralisação de 48 horas a partir desta sexta-feira (11/07), funcionários da Vital Engenharia Ambiental resolveram voltar atrás. A informação é do presidente do Sindicato de Asseio e Conservação, Ezequiel Santos da Silva. Segundo ele, ontem à noite a empresa havia anunciado que estava liberando os salários dos trabalhadores, mas o presidente preferiu confirmar.

“Hoje (sexta-feira, dia 11/08) pela manhã busquei informações junto aos funcionários que confirmaram o pagamento do mês de julho, faltando o vale alimentação, que ficou de ser pago no início da próxima semana”, disse Ezequiel, adiantando que o sindicato continuará em alerta por conta dos atrasos recorrentes.

Com relação às demissões, o presidente disse que este é um assunto que muito preocupa a categoria. “Se a empresa está tendo dificuldades de arcar com os salários, imagine com as rescisões trabalhistas. Hoje são cerca de 250 trabalhadores cumprindo aviso prévio e mais 50 poderão ser demitidos. Todos que trabalham na Vital hoje estão sob pressão”, comentou.

De acordo com Ezequiel, a empresa continua alegando que a prefeitura continua em atraso com o pagamento do convênio. “O ideal é que o poder público se preocupasse mais com a limpeza pública para que a nossa cidade volte a ficar mais limpa como antes, quando Campos tinha várias equipes de capina e varrição em vários bairros efetuando o serviço de limpeza”, ressaltou.

Em nota, a prefeitura informou que foi iniciada uma nova negociação com a concessionária Vital Engenharia Ambiental, responsável pelo serviço de coleta e limpeza do município, visando reduzir despesas, sem alterar na qualidade do serviço oferecido à população. O planejamento está sendo realizado de modo que todo o sistema seja otimizado, incluindo coleta e varrição, atendendo à demanda de acordo com o número de habitantes de cada bairro. Esta redução pode girar em torno de 20% a 30%. O município tem buscado manter todas as contas em dia e, desta forma, são necessárias estas readequações.

 

Ururau

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação Cadê Campos
Carregar mais por Geral
Comentários estão fechados.

Veja Também

Professora da Uenf é agredida com coronhada durante assalto no Jóquei Clube

Uma professora da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) ficou ferida durante um…