Home Sem categoria Dia D contra Influenza em grupo prioritário tem movimento abaixo do esperado

Dia D contra Influenza em grupo prioritário tem movimento abaixo do esperado

5 Primeira leitura
Comentários desativados em Dia D contra Influenza em grupo prioritário tem movimento abaixo do esperado
0
5
O Dia D de Vacinação do grupo prioritário contra o vírus da Influenza, em Campos, contou com movimentação tranquila nos 55 postos destacados para receber a população neste sábado (12). A campanha de imunização contra a gripe segue até 1° de junho. O departamento de Vigilância em Saúde da secretaria municipal de Saúde orienta para que as pessoas enquadradas no público-alvo não deixem de procurar os postos para se prevenirem. O Dia D segue até às 16h e o dia também foi de vacinação para pacientes acamados em home-care. Campos registrou este ano um caso confirmado de H1N1 e outros cinco suspeitos estão sendo investigados.
A aposentada Maria Barreto do Nascimento, de 67 anos, foi uma das pessoas que aproveitou o Dia D para se imunizar contra a gripe. “Acho muito importante cuidar da saúde. Há mais de quatro anos que tomo a vacina e sempre falo para as pessoas tomarem também para se prevenir”, disse.
De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Andréya Moreira, o movimento de pessoas nos postos de vacinação na parte da manhã foi abaixo do esperado na maioria dos postos. A médica infectologista ressaltou a gravidade da gripe e a importância da imunização.
— A gripe é uma doença séria que, se não tratada de maneira eficaz, pode levar ao óbito. E a melhor forma de evitar o contágio da doença é a prevenção, através da vacina. Então, é de extrema importância que as pessoas que estejam dentro do público-alvo recebam a dose, que combate três tipos da doença: Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e o Influenza do tipo B — disse Andréya.
Nesta campanha que segue até 1 de junho, além dos idosos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos, as gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores, os indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional também são público-alvo da campanha.
Em Campos já foram imunizados 21 mil pessoas e a meta é de vacinar 90% do público-alvo.
Acamados — Aos acamados e pacientes em situação de home care, a Vigilância continua realizando o cadastro para a imunização em domicílio. O agendamento deve ser feito no Centro de Saúde, no setor da Vigilância Epidemiológica, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Supcom
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação Cadê Campos
Carregar mais por Sem categoria
Comentários estão fechados.

Veja Também

Dois homens e quatro mulheres são presos por tráfico de drogas

Seis pessoas, sendo dois homens e quatro mulheres foram presos, neste sábado (19/05), ao s…